Audi YCSA leva duas duplas ao pódio em Ilhabela

Eric e Rodrigo, prata para o YCSA | Foto: Silas Azocar/PMI
Eric e Rodrigo, prata para o YCSA | Foto: Silas Azocar/PMI

Eric Belda/Rodrigo Dabus e André Fiuza/Stephan Kunath conquistaram prata e bronze no Brasileiro da classe 420 encerrado nesta quarta (21) no litoral norte de São Paulo

São Paulo (SP) – O Audi YCSA Sailing Team voltou a mostrar a força de sua flotilha da classe 420 no Campeonato Brasileiro encerrado em Ilhabela (SP) nesta quarta-feira (21). As duplas Eric Belda/Rodrigo Dabus e André Fiuza/Stephan Kunath ocuparam dois dos três degraus do pódio, conquistando prata e bronze, respectivamente, para o clube da Represa Guarapiranga. O título ficou com os gaúchos Tiago Brito e Andrei Kneipp. Com a vitória de 2014 em Búzios (RJ), a dupla do Jangadeiros do Sul (RS) chegou ao bicampeonato brasileiro de 420.

André e Stephan, no pódio | Foto: Silas Azocar/PMI
André e Stephan, no pódio | Foto: Silas Azocar/PMI

Ao longo de quatro dias foram disputadas dez regatas, com direito ao descarte do pior resultado. Nas duas provas do dia decisivo o vento sul entrou no Canal de São Sebastião com rajadas de até 20 nós (35 km/h). Os campeões na geral, Tiago e Andrei, encerram a competição com 19 pontos perdidos. Eric e Rodrigo somaram 21 e, além do vice geral, ficaram em primeiro na categoria júnior à frente de André e Stephan que perderam 38 pontos.

O técnico do Audi YCSA Sailing Team, Bernardo Arndt, o Baby, coordenou a equipe em Ilhabela e analisou os resultados obtidos pelos seus atletas. “O Eric e o Rodrigo não fizeram o melhor campeonato que poderiam ter feito. Enfrentaram dificuldades, mas sei que poderiam ter ganho. Perderam alguns pontos de forma desnecessária. Temos de considerar, porém, que velejaram contra o Macaco (Tiago Brito), campeão mundial da juventude”.

No geral, Baby mostrou-se satisfeito, ciente de que a evolução faz parte do trabalho desenvolvido com o Audi YCSA Sailing Team. “Se faltou um pouco de experiência ao Eric, faltou também uma confiança a mais ao Fiuza. Eles têm muito potencial e esses ajustes serão feitos naturalmente”, previu Baby, empolgado com o desempenho da dupla feminina. “Olivia e Marina estão velejando com entusiasmo e muita raça. Se continuarem com essa proposta, posso dizer que o futuro poderá ser brilhante”. A dupla ficou em oitavo lugar e foi a melhor entre as mulheres.

Olivia e Marina, primeiras no feminino | Foto: Silas Azocar/PMI
Olivia e Marina, primeiras no feminino | Foto: Silas Azocar/PMI
Tiago e Andrei, campeões | Foto: Silas Azocar/PMI
Tiago e Andrei, campeões | Foto: Silas Azocar/PMI

As demais duplas do Audi YCSA Sailing Team em Ilhabela foram formadas por: Pedro Corrêa e Philipp Essle, Olivia Belda e Marina Arndt, Antonio Aranha e Alexander Essle, Antonio Mazuco e Adriano Peek, Marina Bomeisel e Marco Peek, Victor Gil e Marcelo Peek, Helena de Marchi e Elisa von Fritsch, além de Luisa Ferreira e Lisa Reimer. A próxima competição de 420 será o Sul-americano de 2015, durante a Páscoa, em Buenos Aires. Eric e Rodrigo defenderão o título conquistado há um mês em Porto Alegre.

O evento disputado desde domingo (18) por velejadores inscritos na Federação Internacional de Vela (ISAF) teve organização da Prefeitura Municipal de Ilhabela, Associação Brasileira da Classe 420, CBVela e Coordenação Paulista de 420. As regatas no Canal de São Sebastião. O campeonato reuniu 20 embarcações de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Largada em Ilhabela | Foto: Silas Azocar/PMI
Largada em Ilhabela | Foto: Silas Azocar/PMI

Os dez primeiros no Brasileiro de 420:

1. Tiago Brito e Andrei Kneipp – Clube dos Jangadeiros (RS) – 19 pontos perdidos
2. Eric Belda e Rodrigo Dabus – Audi YCSA – 21 pp
3. André Fiuza e Stephan Kunath – Audi YCSA – 38 pp
4. Thiago Ribas e Erik Hoffmann – Veleiros do Sul (RS) – 45 pp
5. Pedro Zonta e Thomas Rodrigues – Clube dos Jangadeiros (RS) – 48 pp
6. Daniel Lombardi e Gabriel Sequeira – CN Charitas (RJ) – 58 pp
7. Pedro Corrêa e Philipp Essle – Audi YCSA – 66 pp
8. Olivia Belda e Marina Arndt – Audi YCSA – 72 pp
9. Leonardo Lombardi e Rodrigo Luz – Iate Clube RJ – 76 pp
10. Luisa Gandolpho e Marcela Moura – Iate Clube RJ – 84 pp

Audi YCSA Sailing Team – Foi formado no início de 2014 com o objetivo de reforçar a missão de formar os futuros velejadores. O projeto abrange 40 atletas da Vela Jovem distribuídos entre as classes Optimist, 420, Laser, 29er e Byte. O apoio está voltado para a aquisição de barcos e velas, contratação de técnicos especialistas nas classes envolvidas e viabilização de viagens para intercâmbio e disputa das principais competições internacionais. Robert Scheidt, o maior atleta olímpico brasileiro em todos os tempos e ganhador de 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star, é o embaixador da marca no País.

Yacht Club Santo Amaro – Fundado em 1930, o YCSA consolidou-se ao longo de oito décadas como um celeiro de campeões da vela à margem da Represa de Guarapiranga, extremo sul de São Paulo. Conhecido também por Clube dos Alemães, devido à origem de seus fundadores, o YCSA sustenta como principal missão revelar os talentos para a vela brasileira. Campeões e medalhistas olímpicos, mundiais e pan-americanos como Robert Scheidt, Alex Welter, Cláudio Biekarck, Reinaldo Conrad, Peter Ficker, Gunar Ficker e Marcelo Batista elevaram o Brasil em suas conquistas nas principais competições mundiais.

Mais informações no site ycsa.com.br
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/yachtclubsantoamaro

Ary Pereira Jr. – MTb 23297 / ary@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 9 7602-2986 / Tim: 9 9275-7044

Deixe uma resposta