Scheidt assume a liderança da Copa do Mundo de Vela em Miami

ISAF SAILING WORLD CUP MIAMI 2015 Robert Scheidt  BRA206755 Laser,	 Rio de Janeiro, Rio de Janeiro BRA
ISAF SAILING WORLD CUP MIAMI 2015
Robert Scheidt
BRA206755
Laser,
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro BRA

Maior atleta olímpico brasileiro vai para a fase final da competição com três pontos de vantagem sobre o vice-líder, Matthew Wearn

São Paulo – O multicampeão Robert Scheidt encerrou a fase classificatória da Copa do Mundo em Miami com os resultados mais consistentes da competição. Disputou cinco regatas sempre entre os cinco primeiros colocados. Nesta terça-feira (27), Scheidt venceu uma das provas, foi segundo e terceiro nas outras duas e assumiu a liderança na classe Laser, com três pontos de vantagem sobre o vice-líder, o australiano Matthew Wearn. Os cinquenta melhores velejadores serão reagrupados na flotilha ouro a partir desta quarta-feira (28), início da fase final, na disputa pelo título.

Depois da chuva na estreia, o segundo dia de disputas na raia de Biscayne Bay começou com céu claro e vento entre 12 e 15 nós, alcançando rajadas de 19 nós (35 km/h) no período da tarde. “Tive um desempenho parecido nas três regatas. Fiz boas largadas, montei a primeira boia entre os cinco primeiros e fui ganhando posições”, resumiu Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas (dois ouros, duas pratas e um bronze) e 14 títulos mundiais, entre Laser e Star. “Consegui ‘ler’ bem o vento muito rondado e suas variações. Velejei rápido e de forma consistente.”

Com a regularidade na primeira etapa, Scheidt entra na fase final com vantagem sobre os adversários, uma vez que apenas o pior resultado será descartado e seus adversários trazem pontuação mais elevada da primeira fase. A flotilha ouro agrupará os cinquenta melhores velejadores da competição, tornando a disputa ainda mais acirrada a partir desta quarta-feira (28). “Preciso manter a velocidade para chegar à medal race com chances de medalha”, lembra o brasileiro, patrocinado por Banco do Brasil, Rolex, Deloitte e Audi, com os apoios de COB e CBVela. “A previsão é de ventos mais fracos e variáveis nos próximos dias, o que torna as regatas mais técnicas e estratégicas.”

Scheidt: consistência | Foto: Thom Touw
Scheidt: consistência | Foto: Thom Touw

Classificação após cinco regatas e um descarte

1. Robert Scheidt (BRA) – 8 pp (2+[4]+2+3+1)
2. Matthew Wearn (AUS) – 11 pp ([7]+7+1+1+2)
3. Nick Thompson (GBR) – 12 pp (6+1+4+[10]+1)
4. Jean Baptiste Bernaz (FRA) – 14 pp (3+5+5+1+[37])
5. Philipp Buhl (GER) – 18 pp (7+2+[11]+5+4)
6. Andy Maloney (NZL) – 19 pp (4+1+10+4+[18])
7. Julio Alsogaray (ARG) – 19 pp (5+[19]+2+5+7)
8. Nicholas Heiner (NED) – 24 pp (3+5+8+8+[15])
9. Pavlos Kontides (CYP) – 25 pp (1+15+[17]+3+6)
10. Bruno Fontes (BRA) – 25 pp (1+3+[20]+6+15)

Maior atleta olímpico brasileiro

Laser
Onze títulos mundiais – 1991 (juvenil), 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002*, 2004 e 2005 e 2013
*Em 2002, foram realizados, separadamente, o Mundial de Vela da Isaf e o Mundial de Laser, ambos vencidos por Robert Scheidt
Três medalhas olímpicas – ouro em Atlanta/1996 e Atenas/2004, prata em Sydney/2000

Star
Três títulos mundiais – 2007, 2011 e 2012*
*Além de Scheidt e Bruno Prada, só os italianos Agostino Straulino e Nicolo Rode venceram três mundiais velejando juntos, na história da classe
Duas medalhas olímpicas – prata em Pequim/2008 e bronze em Londres/2012

Mais informações em www.robertscheidt.com.br

Twitter: @robert_scheidt
Facebook: Robert Scheidt

Local da Comunicação – Juliana Leite (MTB 49.580)
E-mail: juliana@localcom.com.br
Tels: Juliana (11) 3263-0683 e (11) 98457-9704

Deixe uma resposta