Scheidt disputa Copa do Mundo de Vela em Miami

Fred Hoffmann  Competição de alto nível nos EUA
Fred Hoffmann
Competição de alto nível nos EUA

Maior atleta olímpico brasileiro reencontrará adversários dos Jogos do Rio 2016 a partir desta segunda-feira (25)

São Paulo (SP) – Robert Scheidt volta a medir forças com os principais adversários dos Jogos do Rio 2016, a partir desta segunda-feira (25), animado pela vitória no Campeonato Brasileiro de Laser. A etapa de Miami é o primeiro dos quatro desafios internacionais de Scheidt no primeiro semestre, na busca pela sexta medalha olímpica de sua carreira.

“Estou bem animado com essa competição. A medalha de bronze na Copa Brasil, um campeonato de altíssimo nível, em dezembro, e a vitória no Brasileiro de Laser, agora em janeiro, mostram que estou num bom momento, velejando bem, sem lesões”, avalia Scheidt.

O brasileiro foi ao pódio em todas as Olimpíadas que disputou, mantendo 100% de aproveitamento com dois ouros, duas pratas e um bronze, entre Laser e Star, além dos 14 títulos mundiais nas duas classes. Os Jogos do Rio 2016, contudo, serão os primeiros em que Scheidt não chega como favorito absoluto. Para conquistar a sexta medalha, o velejador terá um primeiro semestre agitado. Além da competição em Miami, estão na mira o Trofeo Princesa Sofía, a etapa de Hyères da Copa do Mundo de Vela e o Mundial de Laser, no México.

Fred Hoffmann  Scheidt disputa Copa do Mundo de Vela em Miami
Fred Hoffmann
Scheidt disputa Copa do Mundo de Vela em Miami

“A etapa de Miami da Copa do Mundo é sempre um evento muito duro, e deve ser ainda mais difícil agora que estamos em ano olímpico. O nível técnico será bem elevado, só o Nick Thompson e o Tonci Stipanovic não estarão presentes” destaca o brasileiro.

Em Miami, dez regatas estão previstas para a classe Laser, até sexta-feira (29). No sábado, os dez melhores velejadores disputarão o pódio na medal race, valendo pontos dobrados. “Será uma nova oportunidade de afinar ainda mais o meu jogo. De outubro para cá, venho numa crescente de desempenho, e espero continuar nessa crescente e brigar por medalha nos Estados Unidos. Miami será um evento legal num bom momento para mim”, completa Scheidt, patrocinado pelo Banco do Brasil, Rolex, Deloitte e Audi, com os apoios de COB e CBVela.

Maior atleta olímpico brasileiro

174 títulos – 85 internacionais e 89 nacionais, incluindo o Campeonato Brasileiro de Laser/2016

Laser

Onze títulos mundiais – 1991 (juvenil), 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002*, 2004 e 2005 e 2013

*Em 2002, foram realizados, separadamente, o Mundial de Vela da Isaf e o Mundial de Laser, ambos vencidos por Robert Scheidt

Três medalhas olímpicas – ouro em Atlanta/1996 e Atenas/2004, prata em Sydney/2000

Star

Três títulos mundiais – 2007, 2011 e 2012*

*Além de Scheidt e Bruno Prada, só os italianos Agostino Straulino e Nicolo Rode venceram três mundiais velejando juntos, na história da classe Duas medalhas olímpicas – prata em Pequim/2008 e bronze em Londres/2012

Mais informações em www.robertscheidt.com.br

Twitter: @robert_scheidt

Facebook: Robert Scheidt

Acompanhe também a ZDL nas redes sociais:

Twitter: @ZDLcomunica

Facebook: ZDL Comunicação

ZDL – Doro Jr. / Juliana Leite

E-mail: dorojr@zdl.com.br

Tels: (11) 3285-5911

Siga a ZDL no twitter:twitter.com/ZDLcomunica e no facebook ZDL Comunicação

Anúncios

Deixe uma resposta