Velejada Guarujá – Ilhabela – Guarujá em solitário

Navegando entre os veleiros apoitados no Saco da Capela. Foto: Max Gorissen

No dia 19 de março de 2016, às 11 h 45 , eu dirigia pela Rodovia dos Imigrantes, indo de São Paulo para o Guarujá com o objetivo de passar o fim de semana em meu veleiro, sozinho, já que minha esposa tinha de trabalhar e meu filho tinha de estudar para as provas.

Conteúdo restrito a assinantes. 

Caso deseje adquirir uma assinatura da SailBrasil, clique aqui.

Caso seja um assinante e deseje fazer o login, clique aqui.

About Max Gorissen
Sailor, writer and editor, in that order...

10 Comments

  1. Max,
    Muito bom relato. Fiquei aqui sonhando e morrendo de inveja, com vontade de velejar.

  2. Caro Max, a sua viagem me deixou com água na boca. Que delícia. Uma velejada dessas dá para pôr as idéias em dia. Parabéns !!!!
    Lembrei agora que já fiz este percurso com o veleiro Aysso da Família Schürmann junto com o Vilfredo e um amigo. Chegamos no final da tarde na Ilha. Muito bom.
    Grande abraço.

    • Valeu Rony!!! Sem dúvida é uma viagem deliciosa… ainda por cima por ter sido decidida em cima da hora! Bons ventos! Abraço, Max

  3. Carlos Alberto Gomes de Moraes maio 12, 2016 at 3:43 pm

    Rapaz que coisa Maravilhosa, sou morador de Machadinho D’ Oeste,em Rondonia e ja tive um veleiro de 23 pes, que inveja de vc meu amigo….bom de mais e obrigado pela reportagem.
    abraços Max. Deus lhe aebnçoe

    • Boa tarde Carlos Alberto,

      Espero que compre outro veleiro de 23 ou maior para poder curtir a vida da vela.

      Bons ventos e obrigado pelo contato!

      Abraço,

      Max Gorissen

  4. Como assim Cmdt ? Possibilidade de 100% de ser asaltado em Bertioga/ Guarujá …

    Abraço

    Nilton Beccon

  5. Carlos Negrete agosto 4, 2016 at 2:08 pm

    Caro Max,
    Parabéns pelo magnífico passeio…deixou todos nós “com água na boca” rsrs…
    Eu velejei bastante na Guarapiranga, e algumas vezes no canal de Ilha Bela, participei de regatas da Ilha Bela – Alcatrazes, em algumas edições de “Semana de Vela de Ilha Bela”, mas eu sempre tive vontade de velejar no Canal de Bertioga, e deixar um barco em alguma marina por lá, mas não tenho referências de lá, se é bom ou não, mas pelo seu relato deve ser ótimo.
    Pela sua experiência, você acredita que um Veleiro de uns 19 a 23 pés já seria bom pra colocar nesse canal e daria pra passar ótimos dias em velejadas “day-sailing”??

    Abraço;

    • Prezado Carlos,

      Eu tive um veleiro de 26 pés (um Mariner Ranger 26 de nome ORM) no canal de Bertioga por uns 16 anos antes do Gaia 1… Para dizer a verdade, o canal de Bertioga, e toda a orla de Bertioga, não é bom para veleiro pois é difícil ter vento.

      Quando tem vento, se sair para velejar no mar (orla de Bertioga), o mar é muito mexido e desencontrado… o que é bonito é o canal… bonito é pouco, é lindo, magnífico!

      Um veleiro de 19 a 23 pés funciona bem no canal, contudo, se tiver vento, vão ser velejadas de bordos muito curtos pois o canal é estreito e, por incrível que pareça, o vento geralmente vem da montanha/mar e não afunila pelo canal, o que daria uma boa empopada ou orças curtas…eu diria que, mais do que day-sailing, com um veleiro, você acaba fazendo mais day-motoring. 🙂

      Uma vantagem de um veleiro de até 23 pés é que você deve poder passar por debaixo da ponte do trem em Vicente de Carvalho (ponte paralela à Rodovia Cônego Rangoni do lado de Santos do Guarujá) que, geralmente, está quebrada e não sobe para permitir veleiros maiores darem a volta na ilha do Guarujá.

      Já fiz esse passeio algumas vezes e poder navegar pelo canal, rodeado pelo mangue e com a Serra do Mar como pano de fundo é maravilhoso. Recomendo.

      Este fim de semana levei meu veleiro para o lado de Santos… não é bonito, contudo, geralmente, tem vento e na baía de Santos o mar tem a vantagem de não ser muito mexido.

      Bons ventos!

Comments are closed.

Aumentar fonte
Contraste
UA-141530851-1
%d blogueiros gostam disto: