Nossa arena foi entregue cheia de lixo, reclama Torben Grael

© Fornecido por New adVentures, Lda.
© Fornecido por New adVentures, Lda.

O coordenador-técnico da equipe de vela do Brasil, Torben Grael, lamentou o estado da arena de competição da modalidade na qual ele conquistou cinco medalhas olímpicas em sua carrera de velejador. Apesar de o assunto do momento ser a Vila dos Atletas, a Baía de Guanabara não foi esquecida.

“Nossa arena foi entregue cheia de lixo. Você tem de tentar evitar, mas nem sempre é possível. Tem lixo que fica à meia altura na água e que você não vê direito. Às vezes tem algo na divisa de maré e é difícil passar sem pegar alguma coisa. É esperar que dê tudo certo, como por acaso aconteceu nos dois últimos eventos-teste”, disse Torben, de 56 anos, em entrevista ao UOL.

Embora tenha feito o desabafo, Torben ponderou e resolveu mudar o assunto. “Eu não vou entrar no tema do lixo. Por favor. Vou falar sobre a equipe, e se não houver outro assunto eu não vou falar mais. A gente falou sobre lixo desde que o Rio foi escolhido como sede dos Jogos e até antes. Falamos ostensivamente quando ainda era possível fazer alguma coisa. Agora é inútil falar de lixo”, completou o ex-atleta.

 

Fonte: http://www.msn.com/pt-br/esportes/olimpiadas/%E2%80%98nossa-arena-foi-entregue-cheia-de-lixo%E2%80%99-reclama-torben-grael/ar-BBuUe5R?li=AAb78Ju&ocid=spartanntp

Anúncios

Deixe uma resposta