AC – DutchSail pede “tempo” e Star + Stripes reafirma compromisso

DutchSail, o desafiante da Holanda para a 36ª America’s Cup, evento apresentado pela Prada, comunicou ao Royal New Zealand Yacht Squadron de que esta se retirando da 36ª America’s Cup.

Apesar de terem recebido um forte apoio da indústria naval local e interesse de várias entidades comerciais, eles decidiram que o não tinham tempo suficiente para que lançar um desafio eficaz em 2021.

Contudo, outro adversário que se inscreveu com atraso, o Yacht Club Long Beach – Stars + Stripes Team USA, confirmou ontem seu compromisso de participação em um comunicado de imprensa.

O Comodoro do Long Beach Yacht Club, Camille Daniels, disse em entrevista: “O Long Beach Yacht Club está empenhado em ter sua equipe na largada do primeiro evento da America’s Cup World Series em Cagliari, Itália. Nossos membros estão animados e estamos todos trabalhando duro para alcançar nosso objetivo de trazer a America’s Cup para Long Beach”.

Mike Buckley, Co-Fundador e Skipper da Stars + Stripes USA disse: “Agradecemos o apoio contínuo do LBYC e seus membros e a assistência da Emirates Team New Zealand e da Royal New Zealand Yacht Squadron, ao longo dos últimos meses. Rorganizamos nossa equipe, continuamos progredindo em encontrar parceiros corporativos e acreditamos que teremos o necessário para sermos competitivos em Auckland.”

Como parte do seu compromisso, a Stars + Stripes Team USA terá de completar o processo de pagamento da taxa de inscrição antes de ser elegível para a corrida. Eles já realizaram o pagamento inicial, contudo, como um Challenger que entrou com atraso, conforme descrito no Protocolo da America’s Cup, também têm a obrigação de pagar uma multa de “entrada atrasada” no valor de US $ 1 milhão, com vencimento parcelado até 1º de outubro de 2019.

A SailBrasil fará a cobertura do evento no Brasil. Para desenvolver este texto, foram utilizadas informações do Site Oficial e do Press Release fornecido pela Media Center da America’s Cup para Maximilian Immo Orm Gorissen – Editor SailBrasil.com.br, SailBrasilMagazine.com, SailBrasilNews.com e Full Member – Yachting Journalist´s Association – UK

© 2018 America’s Cup Event Limited and Challenger of Record 36 S.r.l. together with their respective suppliers and licensors.

Anúncios

Comentários

Um comentário em “AC – DutchSail pede “tempo” e Star + Stripes reafirma compromisso”
  1. Max Gorissen disse:

    Os novos veleiros da America’s Cup, com sua complexidade e alto custo financeiro de pesquisa e desenvolvimento, são uma barreira para que novas equipes, inclusive algumas das que já se comprometeram com a 36ª AC, consigam financiar e implementar uma campanha de sucesso… pelo que pude entender, Patrizio Bertelli, Challenger of Record com o Prada, teve uma grande influência na decisão de se retornar a um veleiro monocasco após duas edições da AC usando veleiros catamarãs, contudo, ele tinha em mente algo menos complexo e radical, tipo um VOR 60 (o veleiro usado na antiga Volvo Ocean Race de 2017) atualizado tecnologicamente e usando novos foils em cada bordo para fazer o veleiros “voar” e velejar fora d’água… no entanto, o pessoal da ETNZ/ RNZYS decidiu por uma solução totalmente inovadora e ainda não testada em termos tecnológicos, o que vai complicar a campanha de várias equipes, como já aconteceu com a DutchSail… serão dois anos muito interessantes de se acompanhar… em todos os sentidos. Veja: https://sailbrasil.com.br/2018/02/09/entenda-os-novos-veleiros-ac-75-pes-da-americas-cup-2021/

Deixe uma resposta