Semana Internacional de Vela de Ilhabela 2019 entra na reta final

Com duas regatas disputadas, classificação segue equilibrada em todas as classes; provas de quinta-feira (18) programadas para as 11h

A classificação da 46ª Semana Internacional de Ilhabela segue embolada. Com apenas duas regatas de percurso realizadas, várias equipes estão empatadas na pontuação. O vento vem sendo protagonista, seja por ausência ou por excesso em Ilhabela (SP)! Nesta quarta-feira (17), as regatas foram mais uma vez canceladas devido às condições do tempo. Com isso, a decisão será jogada para os próximos dias. 

Os barcos chegaram a sair para a água e ficaram boiando à espera do vento. Com a chuva, a comissão de regatas decidiu cancelar a realização das provas. A previsão para a quinta-feira (18) é de ventos com intensidade média e a organização antecipou o horário de partida para as 11 horas.

”Vamos tentar fazer três regatas e tirar o atraso de hoje”, explicou Cuca Sodré, chefe da comissão de regatas da Semana Internacional de Vela de Ilhabela.

Flotilha – Foto: Marcos Mendez

“Hoje ameaçou de um lado e de outro. Tinha muita precipitação de chuva, e conforme a chuva aparecia, rondava o vento e não formava de lado nenhum. A gente tentou esperar até as 15 horas, mas não tinha condições, então anulamos”.

Para equipes como a do Zorro, brigando entre os cinco primeiros colocados na classe IRC, a expectativa é conquistar alguma vantagem com a realização das regatas mais curtas, disputadas entre boias, as chamadas barla-sotas. 

“Faz parte do clima da região essa variação de vento forte e fraco, chuva, frente fria. Mas nós estamos na expectativa de velejar. Esperamos pelo menos duas regatas para amanhã”, disse Ronald Gomes, proeiro do Zorro.

“Se a gente olhar, ontem tinha 35 nós e hoje zero. Na média o vento estava bom, com 18 nós”, brincou Alexandre Leal, comandante do Loyalt 6 Team, da C-30. A classe é uma das mais equilibradas da competição.

“O esporte é assim mesmo, às vezes tem muito vento, às vezes tem pouco. A gente está esperando um vento mais adequado, porque nos dois primeiros dias também não teve um vento muito forte. E como a gente gosta de velejar rápido, quanto mais vento melhor, mas sempre com segurança.”

Já a equipe do Maximus tem uma fórmula para enfrentar a situação irregular do clima: muita festa dentro e fora do barco. A tripulação aproveitou a falta de vento desta quarta para fazer o batismo de Felipe, tripulante pela primeira vez na disputa da Semana de Vela, com muitas brincadeiras. 

“Aqui ainda não fomos muito bem no campeonato. Tivemos duas regatas de percurso com vento fraco, uma condição difícil pra todo mundo. E hoje o vento não entrou. Com a ansiedade para velejar, o nosso barco e vários outros saíram logo atrás da CR, mesmo com a bandeira recon em terra, e ficamos boiando”, contou Allan Carvalho dos Santos, skipper do Maximus.

“Mas a minha tripulação é bem animada. Nos divertimos muito no barco, hoje, fazendo o batismo do Felipe. E se não tem regata, ou a gente faz uma festa em casa ou vai pra rua à noite. E amanhã às 9 horas estaremos todos aqui. Com ou sem vento, a gente não perde um dia de jeito nenhum.”

Mais uma vez, os velejadores foram recepcionados no Yacht Club de Ilhabela com a tradicional canoa de cerveja e um show especialmente contratado para o evento. Nesta quarta, a Soul Brasil ajudou a animar os participantes da Semana de Vela. 

Barcos na raia – Foto: Aline Bassi | Balaio de Ideias

Premiação das regatas de percurso

A premiação das primeiras regatas da competição foi programada para as 20h desta quarta-feira (17), no Race Village. Serão premiados os primeiros colocados nas provas de percurso realizadas entre domingo e segunda, como a Toque-Toque por Boreste e Renato Frankenthal. 

O Pajero (Eduardo Souza Ramos), na classe ORC, foi o fita azul da primeira largada. O Madrugada (Niels Rump), veleiro Clássico homenageado nesta edição, recebeu o prêmio como o fita azul da segunda largada. 

Veja abaixo todos os vencedores:

ORC A – BMW Motorrad (Marcos Ferrari e Lars Grael)

ORC B – Bravo (Jorge Martinez)

IRC A – Itajaí Sailing Team (Alexandre Santos)

IRC B – Asbar II (Sérgio Keplacz)

RGS A – Zeus (Paulo Fernando de Moura)

RGS B – BL 3 Urca (Clauberto Andrade)

Fita Azul 1ª largada – Pajero (Eduardo Souza Ramos)

Multicasco – Maré XX (Benoit Joufflineau)

Mini Transat – Daddy-O (José Carlos de Souza)

Clássico – Madrugada (Niels Rump)

Bico de Proa A – Bacanas IV (Christian Lundgren)

Bico de Proa B – H2Orça (Hilpert Zamith)

Bico de Proa C – Newport (Ruy Mendes Vita)

C-30 – Caiçara (Alberto Kunath)

RGS C – Rainha Empresta Capital (Leonardo Pacheco) 

Fita Azul da 2ª largada – Madrugada (Niels Rump)

Regata Renato Frankenthal

HPE-25 – Ginga (Breno Chvaicer)

Veja os resultados completos no site sivilhabela.com.br/resultados

Foto em destaque: Festa no Mar – Foto: Marcos Mendez

Contatos:

Flávio Perez

flavio@onboardsports.net

Tel: +5511999498035

www.onboardsports.com.br

Deixe uma resposta