Circuito Conesul chega à 28ª edição e trará mais de 40 barcos nas águas do Rio Grande do Sul

Competição será disputada em dois finais de semana e é a mais tradicional do estado com pontuação expressiva nacional

A festa da Vela de Oceano gaúcha seguirá sua tradição entre os dias 13 e 22 de setembro com a disputa da 28ª edição do Circuito Conesul, campeonato organizado pelo Veleiros do Sul com chancela da ABVO (Associação Brasileira de Veleiros de Oceano), além da CBVela e FEVERS. O evento tem peso 2 na disputa da Copa Brasil ABVO que define o melhor barco do ano e os campeões em cada classe.

Foto: Disputas em 2018 / Crédito: Ricardo Pedebos

O evento terá a abertura oficial no dia 13 com palestra de Samuel Albrecht, Medalha nos Jogos Pan-Americanos e em campanha olímpica para Tóquio 2020. Ele é comandante do barco Crioula 29 e do Veleiros do Sul. As disputas começam no sábado dia 14 a partir das 13h30 com churrasco de confraternização após as duas regatas previstas. No domingo são previstas mais duas regatas com confraternização com chopp no trapiche a seguir. 

Na sexta e sábado seguintes, 20 e 21, mais disputas na água. No sábado serão realizadas três tradicionais regatas, a 49ª Regata Seival com barcos IRC e Bico de Proa, a 30ª Regata Farroupilha para barcos BRA-RGS e o 22º Velejaço Farroupilha, todos começando às 11h20. No domingo será realizada a entrega das premiações.   

Foto: Disputas em 2018 / Crédito: Ricardo Pedebos

“Estamos com a expectativa  de um belíssimo  campeonato. O Circuito  Conesul é o maior evento  de Vela Oceânica do Rio Grande do Sul, estamos com uma previsão  de mais 30 barcos na IRC, sem contar as outras classes. O pessoal está muito animado para o início  das regatas, algumas equipes estão há semanas preparando seus barcos. Esse ano temos algumas novidades: o retorno das Desertas  como marca na regata Seival, assim voltaremos a ter 90 milhas náuticas sendo mais desafiadora, e a criação  do velejador jovem, cada barco poderá levar um guri de até 16 anos e máximo  65 kg além do peso máximo  e  número máximo da tripulação. Isso é  uma maneira da renovar nossos velejadores oceânicos, além  de uma interação entre os jovens com os competidores mais experientes. Acreditamos que será  o maior  Conesul  dos últimos anos”, destacou Kadu Bergenthal, vice-comodoro esportivo da Veleiros do Sul e um dos organizadores do evento. O evento deve receber barcos de pelo menos quatro cidades gaúchas: Porto Alegre, Rio Grande, Pelotas e São Lourenço do Sul.

“São 28 anos de regata, a Seival é uma das mais longas de águas doces, larga próximo do centro de Porto Alegre, vamos até a Lagoa dos Patos e fazemos um triângulo indo no farolete da Barba Negra e nofarolete das Desertas indo pro Guaíba de novo, é uma regata bem forte, é a mais disputada do Rio Grande do Sul e teremos expectativa de uns 30 barcos IRC mais uns 12 RGS muito por conta do mutirão que fizemos junto à ABVO no começo do ano”, disse Francisco Freitas, comandante do barco San Chico.

As inscrições seguem abertas até o dia do evento. Mais informações pelo e-mail:   esportiva@vds.com.br .

Fotos: Disputas em 2018 / Crédito: Ricardo Pedebos

De: Gallas Press

Para: Divulgação – Vella

02/09/2019

Anúncios

Deixe uma resposta