Meu velho e o mar…

by Unforgettable Sailing

E o velho comandante atravessou o planeta pra embarcar no Unfo, veio conferir de perto seu legado, o novo barco,  ensinar e aproveitar momentos da vida a bordo que eu sei que ele tanto sente falta…

Obrigado pela visita paizão, é uma alegria imensa ter sua companhia, enxergar muito de mim nos teus gestos, manias e traços, é uma honra gigante ver tua disposição em compartilhar de momentos conosco e se superar a subir montanhas, nadar, remar um SUP e nos ajudar com os trabalhos no barco.

Foto: Unforgettable

Hoje colhemos os frutos de uma semente que tu plantou, regou e podou quando se fez necessário. Em um sábado estranho em Porto Alegre, me levaste para a escolinha de vela, confesso que não tinha idéia do que estava acontecendo, eram crianças desconhecidas e uma aula em pleno final de semana, é difícil imaginar que eu tenha gostado muito da idéia, talvez tenha aceitado pra não te magoar, ou pela parceria…

No entanto com o passar do tempo,  vi que a resenha com a turminha era boa, eu  adorava os almoços no clube e principalmente a liberdade de sozinho navegar desde o Iate Clube até quase o Estádio Beira Rio… onde começava a feder.. pra não perder a piada.  Montar o veleiro, vestir um colete salva vidas e dar bordos a manhã inteira… não tinha a noção completa naquela época, mas aqueles finais de semana  comungando com o Rio Guaíba estavam por moldar meu destino, e devo isto a ti “Véio”.

Veio a adolescência e a negação de tudo, as coisas mudaram e aquela coisa de barco foi ficando pra trás, apesar de me lembrar com pesar do dia que me buscou na escola e me disse que havia vendido nosso veleiro.

Anos mais tarde na faculdade, sempre que o assunto de vela vinha a tona eu dizia que tinha feito e acontecido, e pela primeira vez me ocorreu que saber velejar era sim motivo de orgulho, uma aptidão admirada e que não poderia ficar restrita a minha infância.

Nessa mesma época “Véio” numa de tuas poucas visitas a Rio Grande durante meus anos de faculdade, mais precisamente em meu aniversário de 25 anos, tu me contou que havia comprado o velho Unfo de volta… De pronto alimentei sonhos, completamente ignorante quanto a desafios e realidades, imaginei sair com aquele veleirinho rumo sul, atravessar o estreito de Magalhães e navegar até a Nova Zelandia, onde um clássico daquele calibre seria valorizado como deveria…

Foto: Unforgettable Sailing

Paralelo aos planos, segue a vida, que como o mar ensina que a única coisa constante é a mudança.  E numa dessas fortes rajadas, quase te perdi, se tivesse ido, iria embora meu sonho, iriam embora os barcos, Nova Zelandia e qualquer coisa que estivesse nesse pacote. Mas valentia nunca te faltou, e te postes em pé, e juntos colocamos em pé o Unforgettable também.

Alheios a deboches e dúvidas de tristes palpiteiros, fizemos daquele velho barco de final de semana uma pequena fantástica nave de cruzeiro. Com criatividade e disposição de sobra, e agora com a Ge junto no time recriamos nossos planos. Não iríamos mais aos mares do sul, Magalhães terá de esperar, mas decidimos por rumar norte.  Nessa época os livros e tudo que eu estava vivendo me faziam sonhar com águas cristalinas, pesca, mergulho e paisagens tropicais. Estudando um pouco mais aprendi que rota mais tranqüila e segura seria seguir pelos trópicos, rumando Oeste até onde agüentasse.

Foto: Unforgettable Sailing

Depois de zarpar, a cada porto que chegava a primeira mensagem ou telefonema era pra ti, sempre orgulhosos e um tanto exibidos, chegamos a Ilha do Mel, passamos o canal do varadouro (sem encalhar), chegamos ao Rio de Janeiro e AHA UHU o Caribe é Nosso!!! E confesso até mais do que no próprio feito a minha alegria estava em te ligar e contar como tinha sido e o quão bem nosso barco tinha navegado.

Daí em diante é tudo historia, muita água por debaixo da quilha, foi-se o Unfo orginal, e veio e foi-se o Unfo 2, teimosos que somos, veio o Unfo 3 e confesso que eu estava louco pra tu conhecer ele…

De um Optimist as margens do Guaiba à um veleiro oceânico de 43 pés na Polinésia Francesa, muito tempo passou e muita coisa mudou, mas tu estava sempre e segue navegando conosco, sempre com essa sorrateira maneira de incentivar e incutir teus sonhos em nossos planos e nos levar adiante. E eu sigo navegando por nós, pensando sempre em aportar em um novo litoral distante e disparar uma mensagem pra ti, contando como foi e quão bem o Unfo segue navegando…

Até a próxima “Véio” , beijo!

Post original: https://unforgettablesailing.com/2019/10/11/meu-velho-e-o-mar/

Quer se juntar a tripulação?

Torne-se um APOIADOR, tente a chance para vir a bordo e incentive nossas produções: https://apoia.se/unforgettablesailing

Escolha seus produtos Unforgettable Sailing na nossa loja virtual e ajude nossa aventura https://unforgettablesailing.com/produtos-2/

Nosso Instagram: https://www.instagram.com/veleiro_unforgettable/

Nos acompanhe curtindo nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/unforgettablesailing/

Boas leituras no nosso blog: https://unforgettablesailing.com.br

Vídeo produzidos e editados por Georgia https://www.instagram.com/georgiaspiandorello/

Bons Ventos!!

Com carinho!

Georgia e Diego

Veleiro Unforgettable 3

Veiculado pela SailBrasil News com autorização dos autores Diego Maio e Georgia Spiandorello. Copyright © Unforgettable Sailing. Todos os direitos reservados. All rights reserved.

Anúncios

Deixe uma resposta