Barco capixaba conquista título na 1ª etapa do 26º Rolex Circuito Atlântico Sur – Regata Buenos Aires Punta del Este

Veleiro +Bravíssimo, do Iate Clube do Espírito Santo, venceu na categoria ORC Club e parte para restante das regatas no litoral de Punta del Este, no Uruguai

Veleiro da ABVO (Associação Brasileira de Veleiros de Oceano)o capixaba +Bravíssimo conquistou nesta terça-feira o título da primeira etapa da 26ª edição do Rolex Circuito Atlântico Sur.

Foto: +Bravissimo na largada na Argentina / Crédito: Divulgação 

O barco comandado pelo capixaba Luciano Secchin ficou em 1º lugar na categoria ORC Club da regata que largou no domingo de Buenos Aires e chegou em Punta del Este. Foram 31 horas, 54 minutos e 38 segundos com saída de Puerto Madero, passagem pelo Rio da Prata e no mar do Uruguai em percurso de mais de 160 milhas náuticas em disputa com barcos da Argentina e do Uruguai.

O 26º Rolex Circuito Atlantico Sur segue a partir desta quinta-feira com uma série de regatas no mar de Punta del Este organizadas pelo Yacht Club de Punta del Este, que definirá o campeão geral na classe ORC Club e nas demais ORC Internacional e IRC.

Foto: +Bravissimo na largada na Argentina / Crédito: Divulgação 


Foi muito legal, muito vento, entre 20 e 30 nós, barco suportou bem, nada quebrou, ninguém passou mal na tripulação, para os padrões brasileiros estava frio. Optamos por uma velejada mais conservadora, indo pelo lado da Argentina,atravessemos na altura de Montevidéu, fomos para fora de novo, nos escondemos através de um banco de areia  para fugir da correnteza do Rio da Prata e depois fomos para punta. É o início do campeonato, só o primeiro degrau pois segue a disputa agora“,disse Luciano Secchin. 


Na classe ORC Internacional, o veleiro gaúcho Crioula 29, de Samuel Albrecht, velejador olímpico e que estará em Tóquio, ficou em sétimo lugar com 28 horas, 5 minutos e 11 segundos no mar. Na classe o campeão foi o argentino Antonino com 27 horas, 36 minutos e 36 segundos.  

O Circuito, um dos mais tradicionais da América do Sul com barcos inscritos também do Canadá, Estados Unidos e Itália, tem previsão total de mais seis regatas.

Esta é a primeira vez do +Bravíssimo na competição. A tripulação já competiu ano passado, mas em barco alugado e desde novembro o veleiro estava navegando para chegar ao ponto de largada em Buenos Aires. O Crioula 29 já tem mais de uma dezena de participações e busca o tricampeonato no geral.

A Associação Brasileira de Veleiros do Oceano, a ABVO, tem parceria com a CBVela.

Foto em destaque: +Bravissimo na largada na Argentina / Crédito: Divulgação 

Mais detalhes com Fabrizio Gallas +55 (21) 994004061

Fabrizio Gallas tenisnews@gmail.com

Anúncios

Deixe uma resposta