Anúncios

Veleiro Cangaceiro II

Especificações:

  • Ano de Fabricação: 1961
  • Outros nomes: Pluft, Hobby, Carina III, Silenos I
  • Modelo: S&S Glory 43
  • Estaleiro: Oficinas V.M.Bormann – Paquetá – RJ
  • Material construtivo: Madeira
  • Armação: Iole
  • Propulsão:
  • Tripulantes/ Passageiros:
  • Numeral: BL 80
  • Comprimento: 42′7″ ou 13,01 m
  • Design No.: #1293 Glory do ano de 1957
  • Linha d’água (m):
  • Boca (m): 3,38
  • Calado (m): 1,37
  • Área velica (m²):
  • Deslocamento (Kg): 9.995 (22.035 lbs)
  • Projetista: Sparkman & Stephens
  • Proprietários: Domício Barreto (Cangaceiro II – 1961 a 1962), Israel Klabin (Pluft – 1962 a 1966), Egon Falkemberg (Hobby – 1966 a 1971), Carlos Brancante (Carina III – 1971 a ?), Renato Meyer (Carina III – ? a 1978), Carlos Brancante (Carina III – 1978 a 1983), João Paulo (Carna III – ? a 2005), Álvaro Grilo (Silenos I – 2005 a 2017), Fabio Pena Cal (Silenos I – 2017 a -).
  • Observações: Contratado por Domício Barreto

Esta é uma história em desenvolvimento… caso possua informações, contribua!

Fotos:

Fotos durante reforma na Bahia

Autor desconhecido: se uma destas fotos for sua, favor enviar seu nome para darmos o devido crédito. Caso queira que retiremos a fotografia favor avisar. E-mail: redacao @sailbrasil.com.br

Fotos como Silenos I

Autor desconhecido: se uma destas fotos for sua, favor enviar seu nome para darmos o devido crédito. Caso queira que retiremos a fotografia favor avisar. E-mail: redacao @sailbrasil.com.br

Regatas:

RegataPosição
Buenos Aires – Rio de Janeiro 196211º Classe B
Santos – Rio 1962
Santos – Rio 1964
Santos – Rio 1965
Santos – Rio 1966
Santos – Rio 196710º
Santos – Rio 1968
Santos – Rio 1970DNF
Santos – Rio 197111º

Depoimentos

Contribuiu com fotos e informações: Fabio Pena Cal


Raymond Grantham (24/04/2020)

Quando pertenceu a João Paulo, 1984 ou 85, foi feita manutenção deste veleiro em Ubatuba, na Sudelpa. Fornecemos (Coninco) todo um conjunto de tintas para as obras vivas. Foi lixado até a madeira (perobinha de campos) e aplicado 3 camadas de Condurmastic 25, Contar vinil e envenenada Rabamarine 1000SP. Dali o proprietário seguiria ao Norte do Brasil para viver sua aventura. Anos mais tarde soube que ficou por Salvador, sendo vendido. Estava a venda em péssimo estado no ano passado (2019) em Salvador BA.

Carlos Brancante vendeu para o Renato, que vendeu de volta ao Brancante para Comprar o Asteriscus. Depois Brancante vendeu para João Paulo para comprar o Caruana (Velamar 45).


Amadeu (24/04/2020)

Perguntei para o meu tio (o Brancante era cunhado dele) e se ele tiver alguma informação nova eu mando.

Mas imagino que a venda do Carina III para o Renato Meyer tenha sido em 1973, ano em que o Carlos comprou o Red Rock (mesmo ano que o João Zarif comprou o Áries III).


Atila Bohn (24/04/2020)

BL 80 CANGACEIRO II, S&S, Desenho # 1293 Glory (1957), Oficinas V. M. Bormann – Paqueta-RJ, Lançamento em 1961. Foto: em 1962 CANGACEIRO II – Domício Barreto e Mário Tulio Innecco preparativos p/ Bs.As. – Rio.


Lars Grael (24/04/2020)

Mário Inneco foi um grande entusiasta da Vela. Foi nosso vizinho de muro na Estrada Fróes em Niterói – RJ. Foi o responsável por trazer a classe Laser para o Brasil. Teve ainda o veleiro “Maduza” (acho que um Camper & Nicholson 40’). Apaixonado pelo Star, teve vários barcos, todos chamados “Bounty” no Iate Clube Brasileiro. Foi campeão brasileiro em 1975 com seu “Bounty V” com Robinson Hasselmann (Tio Bill) na sua proa.


Fotos e informações sobre o Veleiro Glory 43 Original

Autor desconhecido: se uma destas fotos for sua, favor enviar seu nome para darmos o devido crédito. Caso queira que retiremos a fotografia favor avisar. E-mail: redacao @sailbrasil.com.br

Com contribuição de: Fabio Pena Cal

Cadastro Nacional de Veleiros

Cadastro Nacional de Veleiros Brasileiros (LOA até 100 pés).

Não importa se esses veleiros são de propriedade de indivíduos, organizações, fundos fiduciários ou museus. Também não importa se são novos, usados, estão em péssimas condições, se já foram destruídos ou afundaram.

Não importa se foram produzidos no Brasil ou no exterior, desde que tenham algum tipo de relação com o Brasil… Todos são importantes.

Quer ajudar ou possui informações? Clique aqui para saber como.

.

.

Anúncios
About Max Gorissen
Sailor, writer and editor, in that order...

Deixe uma resposta

Aumentar fonte
Contraste
UA-141530851-1
%d blogueiros gostam disto: