Diário 23 – 05/07/22 – Expedição Rota Polar

A solitude em Tuktoyaktuk 

Aqui ancorado na minúscula e empoeirada Tuk me lembrei de um texto que escrevi faz um tempo, e tem a ver com o que estou vivendo. 

Eu gostaria de expressar em relação a uma emoção que talvez seja mal compreendida por muitos.

O que é solidão? Quando a vida me ofereceu uma oportunidade de escolha diante de um conflito e eu optei por ser reativo e não amoroso, isso me levou para um lugar deserto. Sempre que fui reativo senti a tristeza tomar conta de mim, e isso me empurrou para o abismo da solidão.

Outra situação que me fez sentir só, foi quando abandonei a minha conexão espiritual e vivi a vida dos homens, a vida na programação, achando que a vida era somente o que enxergava. Nestes momentos normalmente tentamos encontrar alguém para preencher este buraco, achando que é a falta de um amor que nos deixa infeliz. Esta foi outra ilusão que vivi. Abandonar a alma é que me levou a solidão.

Estar só e se sentir abandonado também é uma ilusão, e isto pode estar ligado a baixa estima. Quando não nos conhecemos é difícil se gostar. Quando você sabe quem é e conhece seu propósito não pode mais se sentir só e nem abandonado, pois o que sentimos na verdade é o abandono de viver uma vida coerente com a amorosidade que somos.

 Posso dizer que vivi muito tempo só, não somente no mar. Nas viagens não sinto solidão, sinto solitude. 

Solitude foi o que reencontrei dentro de mim. Entre a minha vida e a Vida maior. 

Foi quando a minha natureza interna se encontrou com a natureza externa. Foi isso também que aprendi no mar.

Me senti na solidão quando me abandonei, quando não fui fiel ao meu coração, quando escolhi o caminho menos amoroso, quando tomei a decisão do ego. Enfim, a SOLIDÃO aconteceu quando fui morar longe de mim. SOLIDÃO É UM LUGAR QUE NOS FAZ SENTIR SAUDADES DE QUEM SOMOS!

Fica a questão:

Esqueceram-se de você ou foi você que se esqueceu de você?

Aqui neste lugar geograficamente distante de todas as pessoas que amo eu não sinto me só. Sinto que tenho uma nova oportunidade de mergulhar no oceano mais profundo que conheço. 

Confiar no mergulho é um dos passos mais importantes para nunca, jamais se sentir só. 

Pois confiar pressupõe nunca estar só. 

Os navegadores dos mares do Norte nunca estão sós, pois eles têm a companhia da estrela Polar.

Mas tem outra Luz que brilha para todos nós, e ela que nos guia para as jornadas mais amorosas.

Por aqui o clima mudou para melhor. Choveu, faz um friozinho gostoso, e o moral da tropa melhorou….rs.

Boa noite, meia noite e a grande estrela não vai embora.

Beto Pandiani

Autor da foto em destaque: Expedição Rota Polar – Beto Pandiani e Igor Bely


Beto Pandiani e Igor Bely embarcam em uma jornada de 100 dias velejando por uma rota marítima lendária: a Passagem do Noroeste.

Localizada no extremo norte das Américas, acima do Círculo Polar, a Passagem é uma área de estreitos que esteve, por séculos, congelada.

Esse cenário, porém, tem mudado nos últimos 25 anos, com o degelo da região e a abertura de caminhos antes intransponíveis.

Partindo do Alasca rumo ao mar da Groenlândia, Beto e Igor querem entender em que medida essa transformação tem sido causada pelo homem e em que medida é ação da natureza.

Filmada pela Tocha Filmes e acompanhada por um time de especialistas da USP, a viagem dará origem a um documentário sobre as mudanças climáticas no Ártico e seu eventual efeito no resto do planeta.

É a expedição Rota Polar

Acompanhe a expedição, participe, contribua ou saiba mais em:

Acompanhe a expedição em tempo real

Visite nossa loja

Torne-se membro do Clube Rota Polar e ganhe recompensas exclusivas

Facebook – Beto Pandiani

Instagram – Beto Pandiani

LinkedIn – Beto Pandiani

Site Rota Polar

Veiculado pela SailBrasil News com autorização dos autores. Copyright © Rota Polar – Beto Pandiani. Todos os direitos reservados.

A SailBrasil é sobre muito mais do que vela e veleiros; é sobre o estilo de vida da vela e a relação que existe entre os seres humanos e o mar, descrita através de histórias curtas, mas muito bem contadas, informações atualizadas, de um lindo design e de uma fotografia impressionante.

error: Conteúdo protegido! - Content protected!
%d blogueiros gostam disto: